Jornalistas de diferentes pontos das províncias de Nampula e Zambézia beneficiaram-se de uma formação em matéria de acesso a informação sobre a governação da indústria extrativa de 17 a 29 de Junho na Faculdade de Educação e Comunicação em Nampula, uma iniciativa do Centro de Estudos e Pesquisas de comunicação Sekelekani.

 

A abertura oficial foi proferida pelo Director Provincial dos Recursos Minerais e Energia, Dr. Olavo Deniasse que falou da indústria extrativa Moçambicana e o seu contributo para o desenvolvimento do país.

“Sendo um país em via de desenvolvimento, vê-se a necessidade de aprofundar estudos e desenvolver projectos que beneficiem a comunidade bem como o país, por isso, os vários Facilitadores que lá estiveram, expuseram assuntos pertinentes para a sociedade em geral”- Disse.

O curso teve como Facilitadores, a Profra. Doutora Alice Nhamposse que falou da Metodologia de investigação e ética jornalística e o Prof. Doutor Eduardo Bata falou dos Impactos socioeconómicos e ambientais da indústria extrativa em Moçambique. Foram igualmente facilitadores da formação o Dr. Carlos Coelho, Dr. Edson Ribeiro e o Prof. Doutor Arsénio Cuco que falaram sobre as Políticas, estratégias e legislações da indústria extrativa em Moçambique; da Tributação da indústria extrativa e da Governação, governabilidade, accountability e Indústria extrativa respectivamente

O Director da Faculdade de Educação e Comunicação da Universidade Católica de Moçambique, Prof. Doutor Martins Vilanculos Laita, disse na ocasião que “espera dos recém-formados maior empenho e dedicação nas pesquisas e abordagens jornalísticas sobre a indústria extractiva no País”.

Os 27 Jornalistas formados comprometeram-se em tudo fazer para garantir qualidade nas coberturas jornalísticas sobre descobertas e exploração de recursos naturais no país e terminaram louvando a iniciativa do Sekelekani e da UCM.

No final do curso, o gestor de projectos do Sekelekani Dr. Jessimusse Cacinda, comprometeu-se em dar continuidade às capacitações e formações dos jornalistas em matérias de acesso a informações sobre a indústria extractiva.

 

Elaborado Por: Gelácio Rapieque e Genice Dias

Fotografia: Genice Dias e Gelácio Rapieque

Noticias

A Faculdade de Ciências Sociais e Políticas (FCSP) e o Conselho Autárquico da Cidade de Quelimane revitalizaram laços de Cooperação entre a as duas instituições
A Faculdade de Ciências Sociais e Políticas (FCSP) da Universidade Católica de Moçambique (UCM) e o Conselho Autárquico da Cidade de Quelimane (CAQ), estreitaram os seus laços de cooperação,...

A Faculdade de Ciências Sociais e Políticas da Universidade Católica de Moçambique recebe os primeiros Professores Doutores na sua instituição
A Faculdade de Ciências Sociais e Políticas da Universidade Católica de Moçambique recebeu os primeiros Professores Doutores ao nível da instituição. Tratam-se do Prof. Doutor Lino Marques Sa...

UNIVERSIDADE CATÓLICA DE MOÇAMBIQUE DOA CESTA BÁSICA E MASCARAS A CHEFES DE AGREGADOS FAMILIARES NA BEIRA
No âmbito da sua acção de responsabilidade social e com vista a mitigar os efeitos da pandemia do Coronavírus, a Reitoria da Universidade Católica de Moçambique (UCM) procedeu no dia 22 ...

UNIVERSIDADE CATÓLICA DE MOÇAMBIQUE DOA CESTA BÁSICA E MASCARAS A CHEFES DE AGREGADOS FAMILIARES NA BEIRA
No âmbito da sua acção de responsabilidade social e com vista a mitigar os efeitos da pandemia do Coronavírus, a Reitoria da Universidade Católica de Moçambique (UCM) procedeu no dia 20 e ...