A Universidade Católica de Moçambique (UCM) na Beira reabriu no passado dia 08 de Junho do ano em curso o Centro de Saúde São Lucas situado nas instalações da Faculdade de Ciências de Saúde (FCS)

 A Cerimónia foi testemunhada pelo Magno Chanceler da UCM, Dom Cláudio Dalla Zuanna, Vice-Reitor para Administração e Finanças da UCM, Prof. Dr. Armindo Tambo, em representação do Magnifico Reitor da UCM,  Presidente da Associação dos Alemães residentes em Moçambique, Cônsul Siegfred Lingel, Capelão da Região 1 da UCM, Padre Coutinho Maquita, Directora da Região 1 da UCM, Professora Dra. Natália Bolacha, Directora da Faculdade de Ciências de Saúde, Dra. Mónica Ironga Samaja, Directora Adjunta Pedagógica, Prof. Dra. Irma Glória Zegarra, Administrador da FCS, Dr. Jorge Muchenga, Director Clinico do Centro, Dr. Geoge Pitter, Médicos e Enfermeiros do Centro, Comunidade Académica, lideres comunitários do Bairro Chipangara e de mais convidados.

A Cerimónia deu início com uma Oração de abertura proferida pelo Padre Coutinho Maquita, seguido de Notas de Boas Vindas aos presentes proferidas pelo Prof. Doutor Armindo Tambo, o qual no seu discurso explicou que a reconstrução do edifício do Centro de saúde consistiu na remodelação das paredes, o tecto e montagem de novos equipamentos para as consultas, aumentando a qualidade de serviços de Saúde, acesso aos cuidados primários de alta qualidade e serviços na Província de Sofala, concretamente na Cidade da Beira.
As obras de reconstrução do Centro de saúde foram financiadas pela Associação de Alemães residentes em Moçambique.

A reinauguração do Centro de Saúde São Lucas foi feita por Dom Cláudio Dalla Zuanna e o Cônsul Siegfred Lingel, o qual na sua intervenção disse que “a reabilitação do Centro é resultado da contribuição dos membros da associação e o povo do seu país, agradecendo a imprensa Alemã que muito fez para que hoje estejamos aqui a reabrir este Centro, através de angariações de fundos para a reabilitação deste Centro que ira beneficiar as comunidades residentes nos arredores do Centro entre outros”.

A angariação ainda contínua, visto que, ainda existem muitas infra-estruturas danificadas pelo Ciclone na zona Centro do país. Explicou o Cônsul.

Seguiu se assim a bênção do Centro feita por Dom Cláudio Dalla Zuanna e por fim agradeceu a Associação pela iniciativa e disse que se trata da primeira infra-estrutura a nível da Igreja Católica a se beneficiar de obras de reabilitação após a calamidade natural (Ciclone IDAI) que devastou a Província de Sofala.

 

Matilde Arnaça (Relações Públicas)

Saugineta Cuinhane (Assistente de Serviço Sociais)