A Universidade Católica de Moçambique (UCM) através do Departamento Central de Saúde, HIV e Género realizou nos dias 18, 19 e 20 de Dezembro de 2019, na cidade da Beira, um workshop sobre Gender Transformative Aproach (Abordagem Transformadora de Género – ATG) e teve como grupo alvo os Conselheiros de Saúde e HIV das Unidades Básicas (UB`s) com o objectivo de partilhar com Docentes, Estudantes, Dirigentes ou colaboradores as ferramentas necessárias para uma abordagem inovadora dos assuntos transversais ao HIV e SIDA.

Intervindo na abertura do workshop, a Assessora do Vice-Reitor da Pastoral Universitária e Acção Social, Dra. Maria Semedo referiu que a formação sobre ATG é uma iniciativa de intervenção enquadrada no memorando de entendimento entre a Maastricht University, a UCM e o Instituto Superior de Ciências de Saúde (ISCISA).

A Dra. Maria Semedo, enalteceu os resultados que têm vindo a ser alcançados com esta parceria, com destaque, a título de exemplo, para os quadros já formados cujas intervenções têm estado cada vez mais viradas para a pessoa humana, valorizando as suas potencialidades para o bem servir. A Terminar apelou aos presentes a se unirem ao movimento global de luta contra a violência à mulher e raparigas e desenvolverem acções que visem incrementar relações saudáveis entre o homem e a mulher.

 Refira-se que o Workshop almeja alcançar mudanças a longo-prazo nas relações de género e dinâmicas de poder a vários níveis da sociedade (individual, interpessoal, organizacional, comunitário e governamental), procurando eliminar normas prejudiciais de género responsáveis por um estado de saúde sexual reprodutiva deficiente, violência baseada no género onde a mulher e a rapariga têm sido as principais vítimas, entre outros males. Neste workshop, tópicos sobre o género foram discutidos numa perspectiva transversal associados, por exemplo, à questões sobre direitos humanos (direitos reprodutivos, direito das mulheres, direitos sexuais, direito das crianças e medidas contra a violência baseada no gênero).

Os Conselheiros presentes avaliaram positivamente os conteúdos abordados no workshop e assumiram o compromisso de contribuir, a nível das UB’s, para a construção duma nova forma de ser e estar por parte dos membros da comunidade académica, despertando uma consciência crítica em relação aos papéis desempenhados pelo homem e pela mulher com a vista a eliminação das normas prejudiciais ao género e a saúde sexual e reprodutiva.

O Workshop foi orientado por três facilitadores membros do Core Group, nomeadamente a Dra. Dilza Andrade, o Dr. Nito Impissa e o Padre Elton Laissone.

 Por: Miguel Natha