A Faculdade de Ciências Agronómicas (FCA) da Universidade Católica de Moçambique (UCM) em Cuamba acolheu a palestra sobre o Aleitamento Materno proferida pelos representantes de Serviços Distritais de Saúde Mulher e Acção Social (SDSMAS), no passado dia 2 de Agosto de 2019 que tendo juntado docentes, CTA e Estudantes da FCA com o objectivo de consciencializar nas pessoas os benefícios deste acto.

 Otília Martins, representante do SDSMAS e técnica de nutrição, falou da importância do aleitamento materno, tendo afirmado que este acto tem que ser feito até aos 2 anos ou mais para que a criança cresça saudável. Ainda na sua intervenção, proibiu o uso de medicamentos tradicionais e outros não recomendados pelo pessoal de saúde á crianças recém- nascidas. A finalizar orientou as mães a prepararem papas enriquecidas para o consumo das crianças que facultara no seu desenvolvimento.

O nutricionista Vanito dos Santos Julião também do SDSMAS, falou da diferença entre o leite materno e o artificial, e desencorajou a todos presentes o uso do leite artificial para crianças recém-nascidas porque leva muito tempo na sua preparação gastando mais dinheiro, produz lixo e o mosquito irá reproduzir-se a partir daquela lata de leite e voltará a nos picar apanhando malaria posteriormente.

Em relação ao leite materno, o nutricionista disse que, este, apresenta muitas vantagens pois este leite contém todos os nutrientes com sabores diferentes que facultam o crescimento da criança.

No final, os dois nutricionistas deixaram como recomendações a todos presentes, a serem portadores na expansão de tudo que se falou que as crianças fiquem a amamentar até os seus 2 anos antes da nova gravidez e, a evitarem o uso de leite artificial, enquanto a mãe viva.

 

Por: Belito Oliveira